Inteligência artificial e direitos autorais: desafios e propostas

Autores

  • Bruno Leonardo Câmara Carrá UNI7
  • Lívia Oliveira Lemos UNI7

Palavras-chave:

Inteligência artificial, Direitos autorais, Criatividade, Homo mensura, Pessoa jurídica de direito privado

Resumo

Com o desenvolvimento de sistemas de inteligência artificial, não é mais um cenário fictício a própria existência de dispositivos eletrônicos que poderiam não apenas reproduzir a lógica e o raciocínio humano, mas também gerar formas de expressões humanas, como a pintura, a música, a poesia e a literatura etc. Nova realidade viva, uma obra de arte não será mais um atributo exclusivo dos seres humanos. As máquinas poderiam gerar – e na verdade já estão fazendo isso – o que chamamos há pouco tempo de produção de sentimentos humanos. Nos Direitos de Autor, ou no “Droit d’auteur”, se olharmos para a tradição do direito continental, surge como consequência um punhado de questões intrincadas. Esta pesquisa visa contribuir com os debates acerca da autoria de obras de arte criadas por inteligências artificiais. Eles poderiam ser registráveis? Nesse caso, quem poderia ser considerado seu autor? A máquina? O ser humano que desenvolveu o sistema IA? Para atingir seus objetivos, o artigo propõe resumir e analisar alguns raciocínios jurídicos e acadêmicos de todo o mundo, a fim de fornecer uma amostra das tendências já em uso em diversos países. Como resultado, concluiu-se que a primazia do “Homo mensura” ainda permanece na base tanto da lei dos direitos de autor como do “Droit d’auteur”, porque apenas uma mente humana poderia conceber um trabalho criativo adequado. No entanto, um meio caminho para resolver o problema da autoria de obras desenvolvidas por máquinas de IA poderia envolver o rearranjo da noção de pessoa coletiva para preservar algumas características econômicas das leis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Leonardo Câmara Carrá, UNI7

Doutor em Direito Civil pela Universidade de São Paulo. Pós-doutor na "Scuola di Giurisprudenza" da Universidade de Bolonha. Pesquisador visitante das Universidades Paris V (René Descartes) e de Oxford (Academic visitor). Juiz federal. Professor universitário e do programa de pós-graduação strictu sensu (mestrado acadêmico) da UNI7 (Fortaleza).

Lívia Oliveira Lemos, UNI7

Mestre em Direito Privado pelo Centro Universitário 7 de Setembro - UNI7, com ênfase em relações privadas, mercado e desenvolvimento. Bacharel em Ciências Contábeis pela Universidade Federal do Ceará. Assessora no Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

Referências

ADOLFO, Luiz Gonzaga Silva; MORAES, Rodrigo. Propriedade intelectual em perspectiva. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2008.

ASCENSÃO, José Oliveira. A questão do domínio público. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2008.

ASCENSÃO, José Oliveira. Direito de Autor sem Autor e Sem obra. Disponível em: www.gedai.com.br/wp-content/uploads/2019/02/ASCENS%C3%83O-J.-Oliveira.-Direito-de-Autor-sem-Autor-e-Sem-Obra-2.pdf. Acesso em: 19 set. 2023.

BITTAR, Carlos Alberto. Direito de Autor. 4 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

BITTAR, Carlos Alberto. Direito de autor na obra feita sob encomenda. São Paulo: Revista dos Tribunais, 1977.

BUCCAFUSCO, Christopher. A theory of copyright authorship. Virginia Law Review, v. 102, 2016, p. 1229-1295. Disponível em: virginialawreview.org/. Acesso em: 20 jul. 2023.

CALO, Ryan. Artificial Intelligence Policy: A Primer and Roadmap. U.C. Davis Law Review, v. 51, n. 2, dec. 2017.

CERQUEIRA, João da Gama. Tratado da Propriedade Industrial. Rio de Janeiro: Revista Forense, 1946.

COPYRIGHT REVIEW BOARD. Second Request for Reconsideration for Refusal to Register a Recent Entrance to Paradise. 14 fev. 2022. Disponível em: www.copyright.gov/rulings-filings/review-board/docs/a-recent-entrance-to-paradise.pdf. Acesso em: 20 jul. 2023.

CRIBARI, Isabela. Produção cultural e propriedade intelectual. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2006.

DIVINO, Sthéfano Bruno Santos; MAGALHÃES, Rodrigo Almeida. Propriedade intelectual e direito autoral de produção autônoma da inteligência artificial. Revista de Direitos e Garantias Fundamentais, v. 21, n. 1, 2020.

FARIAS, Cristiano Chaves de; ROSENVALD, Nelson. Curso de direito civil: parte geral e LINDB. 17. ed. rev., atual. e amp. São Paulo: Juspodivm, 2019.

FEDERAL REGISTER. Rules and regulation, v. 88, n. 51, 16 Mar. 2023. Disponível em: www.govinfo.gov/content/pkg/FR-2023-03-16/pdf/2023-05321.pdf. Acesso em: 20 jul. 2023.

GINSBURG, Jane C. The Concept of Authorship in Comparative Copyright Law. Depaul Law Review, v. 52, 2003, p. 1063-1092.

GRAUWE, Pieter de; GRYSPEERDT, Sacha. Artificial intelligence (AI): The qualification of AI creations as “works” under EU copyright law, 22 nov. 2022. Disponível em: www.gevers.eu/blog/artificial-intelligence/artificial-intelligence-ai-the-qualification-of-ai-creations-as-works-under-eu-copyright-law/. Acesso em: 20 jul. 2023.

GROTIUS, Hugo. On the law of war and peace. Cambridge: Cambridge Press, 2012.

HARARI, Yuval Noah. If it Can Suffer, It's Real, 2021. Disponível em: www.awakin.org/v2/read/view.php?tid=2524. Acesso em: 24 set. 2023

HARARI, Yuval Noah. 21 lições para o século 21. Tradução Paulo Geiger. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

HEBETTE, Martine et al. Copyright law in the EU: salient features of copyright law across the EU member states. European Parliamentary Research Service, June 2018. Disponível em: www.europarl.europa.eu/. Acesso em: 19 jul. 2023.

KELLY, Kevin. What technology wants. Viking Penguin, 2010.

LANA, Pedro de Perdigão. A questão da autoria em obras produzidas por inteligência artificial. Coimbra: Instituto Jurídico, 2019.

LEE, Kai-Fu. Inteligência artificial: como os robôs estão mudando o mundo, a forma como amamos, nos comunicamos e vivemos. Tradução: Marcelo Barbão. Rio de Janeiro: Globo Livros, 2019.

LEGISLATION GOV UK. Copyright, designs and patents act 1988. Disponível em: www.legislation.gov.uk/ukpga/1988/48/section/9. Acesso em: 20 jul. 2023.

LUDERMIR, Teresa Bernarda. Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina: estado atual e tendências. Estudos Avançados, v. 35, 2021.

MANSO, Eduardo J. Vieira. Direito autoral: exceções impostas aos direitos autorais: derrogações e limitações. São Paulo: Butchasky, 1980.

MANSO, Eduardo J. Vieira. O que é direito autoral. 2. Ed. São Paulo: Brasiliense, 1992.

MARTINS, Fernando; NERI, Hugo. Inteligência artificial no Brasil: startups, inovação e políticas públicas. In: COZMAN, Fábio G; PLONSKI, Guilherme Ari; NERI, Hugo (org.). Inteligência artificial: avanços e tendências. São Paulo: Instituto de Estudos Avançados, 2021.

MORATO, Antonio Carlos. Direito de autor em obra coletiva. São Paulo: Saraiva, 2007.

PAGALLO, Ugo. Apples, oranges, robots: four misunderstandings in today's debate on the legal status of AI systems. Phil. Trans. R. Soc, out. 2018. Disponível em: royalsocietypublishing.org/doi/full/10.1098/rsta.2018.0168. Acesso em: 24 set. 2023.

PICO, Giovanni. Discurso pela dignidade do homem (tradução, organização, introdução e notas Antonio A. Minghetti). Porto Alegre: Editora Fi, 2015.

RUSSELL, Stuart J. Inteligência artificial a nosso favor: como manter o controle sobre a tecnologia. 1. ed. Tradução: Berilo Vargas. São Paulo: Companhia das Letras, 2021.

RUSSELL, Stuart J. Inteligência artificial. 3. Ed. Tradução Regina Célia Simille. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013. Disponível em: www.cin.ufpe.br/~gtsa/Periodo/PDF/4P/SI.pdf. Acesso em: 19 set. 2023.

SAUDI ARABIA. Copyright Law. Disponível em: www.wipo.int/wipolex/en/text/206369#LinkTarget_484. Acesso em: 24 set. 2023.

SICHMAN, Jaime Simão. Inteligência artificial e sociedade: avanços e riscos. Estudos avançados, p. 37-49, 2021. Disponível em: www.revistas.usp.br/eav/article/view/185024/171207. Acesso em: 19 set. 2023.

TURING, Alan Mathison. Computing Machinery and Intelligence. Mind, v. 59, n. 236, p. 433-460, 1950. Disponível em: www.jstor.org/stable/2251299. Acesso em 7 abr. 2023.

US COPYRIGHT OFFICE. Overview. Disponível em: www.copyright.gov/about/. Acesso em: 20 jul. 2023.

US COPYRIGHT OFFICE. Zarya of the Dawn. 21 fev. 2023. Disponível em: www.copyright.gov/docs/zarya-of-the-dawn.pdf. Acesso em: 20 jul. 2023.

US SUPREME COURT. Burrow-Giles Lithographic Company v. Sarony, 111 U.S. 53, 1884. Disponível em: supreme.justia.com/cases/federal/us/111/53/. Acesso em: 20 jul. 2023.

Downloads

Publicado

2024-03-10

Como Citar

CARRÁ, Bruno Leonardo Câmara; LEMOS, Lívia Oliveira. Inteligência artificial e direitos autorais: desafios e propostas. Civilistica.com, Rio de Janeiro, v. 13, n. 1, p. 1–27, 2024. Disponível em: https://civilistica.emnuvens.com.br/redc/article/view/981. Acesso em: 15 abr. 2024.

Edição

Seção

Doutrina contemporânea