A multiparentalidade nas Crônicas de Gelo e Fogo: análise das relações de filiação de Joffrey Baratheon, Jon Snow e Theon Greyjoy

  • André Luiz Albuquerque Gomes da Silva Braga UNIFOR
  • Rafael Marcílio Xerez UNIFOR
Palavras-chave: Família, Filiação, Multiparentalidade, Game of Thrones

Resumo

A presente pesquisa tem como escopo analisar a aplicabilidade do instituto da multiparentalidade às relações parentais apresentadas não série de ficção “Crônicas de Gelo e de Fogo”, composta por seis livros e que contam parte da história do Reino de Westeros. O estudo se justifica pela apresentação na série, de personagens em relação aos quais existe mais de uma relação paterno-filial com outro personagem, além disso, a questão é apresentada como situação conflituosa para um dos personagens. Na realização da pesquisa foram utilizados os métodos bibliográficos e dedutivos e está dividida da seguinte maneira: o item dois visa contextualizar a estória de ficção analisada, o item três apresenta as formas de estabelecimento da filiação no ordenamento jurídico brasileiro e, o item quatro faz analisa as relações de parentesco da obra de ficção tomando por base a multiparentalidade.

Biografia do Autor

André Luiz Albuquerque Gomes da Silva Braga, UNIFOR

Mestre em Sistema de Garantias pela Instituição Toledo de Ensino – ITE (2014) e Doutorando em Direito Constitucional pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR.

Rafael Marcílio Xerez, UNIFOR

Mestre em Direito pela Universidade Federal do Ceará (2003) e Doutor em Direito pela Universidade Federal da Bahia (2012). É professor dos cursos de Pós-Graduação em Direito Constitucional (Mestrado e Doutorado) e de Graduação em Direito da Universidade de Fortaleza, bem como Juiz Titular da 2a Vara do Trabalho de Fortaleza.

Referências

ALMEIDA, Renata Barbosa de; RODRIGUES JÚNIOR, Walsir Edson. Direito Civil: famílias. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010.

AZEVEDO, Álvaro Vilaça. Direito de Família. São Paulo: Atlas, 2013.

CARVALHO, Dimas Messias de. Direito das Famílias. 4a ed. rev. atual. e ampl. São Paulo: Saraiva, 2015.

CASSETTARI, Christiano. Multiparentalidade e Parentalidade Socioafetiva: efeitos jurídicos. São Paulo: Atlas, 2014.

DIAS, Maria Berenice. Manual de Direito das Famílias [Livro Eletrônico]. 4 ed. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2016.

FARIAS, Cristiano Chaves de; ROSENVALD, Nelson. Curso de Direito Civil. V. 6: Famílias. 7ª ed. rev. ampl. e atual. São Paulo: Atlas, 2015, p. 548.

FUJITA, Jorge Shiguemitsu. Filiação. 2. Ed. São Paulo: Atlas, 2011.

FUJITA, Jorge Shiguemitsu. Filiação na Contemporaneidade. In Direito de Família no Novo Milênio: estudos em homenagem ao professor Álvaro Villaça Azevedo. (Organ. Silmara Juny de Abreu Chinellato, josé Fernando Simão, Jorge Shiguemitsu Fujita e Maria Cristina Zucchi). São Paulo: Atlas, 2010.

GOZZO, Débora. Dupla parentalidade e direito sucessório: a orientação dos Tribunais Superiores brasileiros. Civilistica.com. Rio de Janeiro, a. 6, n. 2, 2017.

HAMZELOU, Jessica. Exclusive: World’s first baby born with new “3 parent” technique. New Scientist, 27 de setembro de 2016. Disponível em: <https://www.newscientist.com/article/2107219-exclusive-worlds-first-baby-born-with-new-3-parent-technique/>. Acesso em: 26 de out de 2017.

KANT, Immanuel. Fundamentação da Metafísica dos Costumes. Lisboa: Edições 70, 2007.

LÔBO, Paulo. Direito Civil: famílias. 4 ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

LÔBO, Paulo. Direito de família e os princípios constitucionais. IN Tratado de Direito das Famílias. Rodrigo da Cunha Pereira (Organizador). Belo Horizonte: IBDFAM, 2015.

MAIA JÚNIOR, Mairan Gonçalves. A Família e a Questão Patrimonial: planejamento patrimonial. 3. Ed. rev., atual. e ampl. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2015.

MARTIN, George R. R. A Guerra dos Tronos. Tradução Jorge Candeias. São Paulo: Leya, 2012.

MARTIN, George R. R. A Fúria dos Reis. Tradução Jorge Candeias. São Paulo: Leya, 2012.

MARTIN, George R. R. A Tormenta das Espadas. Tradução Jorge Candeias. São Paulo: Leya, 2012.

MARTIN, George R. R. O Festim dos Corvos. Tradução Jorge Candeias. São Paulo: Leya, 2012.

MARTIN, George R. R. A Dança dos Dragões. Tradução Jorge Candeias. São Paulo: Leya, 2012.

MATOS, Ana Carla Harmatiuk; HAPNER, Paula Aranha. Multiparentalidade: uma abordagem a partir das decisões nacionais. Civilistica.com. Rio de Janeiro, a. 5, n. 1, 2016.

MORAES, Maria Celina Bodin de. Na medida da pessoa humana: estudos de direito civil. Rio de Janeiro: Renovar, 2010.

PEREIRA, Rodrigo da Cunha. Dicionário de família e sucessões: ilustrado. São Paulo: Saraiva, 2015.

PEREIRA, Rodrigo da Cunha. Direito de Família: uma abordagem psicanalítica. 4a ed. Rio de Janeiro: Forense, 2012.

SZNICK, Valdir. Adoção: direito de família, guarda de menores, tutela, pátrio poder, adoção internacional. 3. ed. rev. e atual. São Paulo: Liv. e Ed. Universitária de Direito, 1999.

TARTUCE, Flávio. Direito Civil, v. 5: direito de família. 9. ed. rev. atual. e ampl. Rio de Janeiro, Forense; São Paulo: Método, 2014.

TEIXEIRA, Ana Carolina Brochado; RODRIGUES, Renata Lima. O Direito das Famílias entre a norma e a realidade. São Paulo: Atlas, 2010.

TEPEDINO, Gustavo. A tutela constitucional da criança e do adolescente: projeções civis e estatutárias. IN Direito de Família no Novo Milênio: estudos em homenagem ao professor Álvaro Villaça Azevedo. José Fernandes Simão, Jorge Shiguemitsu Fujita, Silmara Juny de Abreu Chinellato, Maria Cristina Zucchi (organizadores). São Paulo: Atlas, 2010, p. 418.

WELTER, Belmiro Pedro. Teoria tridimensional do direito de família. Porto Alegre: livraria do Advogado, 2009.

XEREZ, Rafael Marcílio. Concretização dos Direitos Fundamentais: teoria, método, fato e arte. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2014.

Publicado
09-09-2020
Como Citar
BRAGA, A. L. A. G. DA S.; XEREZ, R. M. A multiparentalidade nas Crônicas de Gelo e Fogo: análise das relações de filiação de Joffrey Baratheon, Jon Snow e Theon Greyjoy. civilistica.com, v. 9, n. 2, p. 1-27, 9 set. 2020.
Seção
Doutrina contemporânea